Eventos

 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 
 
 
 
 
 

 

 

 
 
90 ANOS DA MORTE DE ERMANO STRADELLI, FIGURA CENTRAL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA
 
 
Eventos em sua homenagem até 17.11.2016, na Casa Mário de Andrade
 
 
ENTRADA FRANCA
 
 
Um dos personagens mais emblemáticos do mundo científico ítalo-brasileiro do último século, Ermanno Stradelli (Borgo Val di Taro, Emilia-Romagna, 1852  -  Manaus, Amazonas, 1926), retorna ao centro da temática das ciências humanas entre os meses de outubro e novembro, em decorrência dos 90 anos de sua morte. Para homenagear o antropólogo, etnógrafo, linguista, tradutor, fotógrafo e jurista italiano, um dos pioneiros no estudo e na difusão da Amazônia indígena brasileira dentro e fora do país, o Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (IIC SP), em parceria com a editora UNESP e a Casa Mário de Andrade, realizam eventos inéditos sobre sua figura nas áreas literária e fotográfica que prometem surpreender o público por conterem elementos até então nunca revelados. As atividades ocorrem na Casa Mário de Andrade (instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo), com entrada franca. O ciclo de homenagens teve início no dia 6 de outubro, quando ocorreu simultaneamente o coquetel de lançamento do livro e a abertura da mostra.
 
O livro A única vida possível. Itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia ilustra os vários perfis e a múltipla atuação desse incansável pesquisador que, entre os séculos 19 e 20,  desempenhou um delicado papel de intérprete e revelador da Amazônia indígena para o público culto do Brasil e da Itália. Stradelli dedicou grande parte de sua existência na busca pelo conhecimento e divulgação das expressões originais das culturas autóctones do Alto Rio Negro, sendo, até hoje, uma imprescindível referência para os estudiosos de antropologia, línguas e literaturas ameríndias. O volume, organizado pela pesquisadora de sua vida e obra Livia Raponi, vice-diretora do IIC SP e idealizadora do projeto sobre o estudioso, compreende ensaios inéditos de especialistas brasileiros e italianos de diferentes áreas disciplinares e uma rica seção iconográfica.
 
Já a exposição Nos passos de Stradelli. Viagem à Amazônia, que segue em cartaz até 17 de novembro, reúne uma seleção de imagens produzidas pelo próprio Stradelli, um pioneiro nessa tarefa, ao longo de suas expedições pelo interior amazonense (1880-1900). Esse precioso registro histórico, proveniente dos arquivos da Sociedade Geográfica Italiana, é colocado em diálogo com as fotografias contemporâneas de Graziano Bartolini, realizadas por ocasião de uma viagem fluvial em busca dos rastros de Stradelli. Bartolini, como ressalta a curadora Livia Raponi, "conseguiu imortalizar de maneira sutil e íntima os rituais de Jurupari, herói legislador da mitologia ameríndia, cuja importância para os indígenas despertou o interesse de Stradelli e motivou suas investigações sobre os povos nativos do rio Uaupés". 
 
Pertencente a uma influente e nobre família da cidade de Piacenza, no norte da Itália, o conde Ermanno Stradelli gastou seu patrimônio pessoal para financiar expedições que tinham como objetivo o estudo do território, da hidrografia e das populações da Amazônia brasileira. Sua obra, em particular o Vocabulário Nheengatu-Português e a Leggenda del Jurupari (transcrição do ciclo mitológico sobre o Jurupari - da lenda do Jurupari), é uma importante referência para os atuais pesquisadores da área.
 
Mesmo aos 90 anos de sua morte, sua figura foi tão intensa para várias tribos indígenas amazônicas, que até hoje, ele ainda é lembrado pelos descendentes dos índios que o conheceram como o “doutor conde”.
 
 
Stradelli e Mário de Andrade na Amazônia
 
Para completar o ciclo de homenagens ao italiano Ermanno Stradelli, no dia 3 de novembro acontece um colóquio voltado a explorar os paralelos entre as viagens etnográficas de Stradelli e do escritor, etnógrafo e fotógrafo brasileiro Mário de Andrade (1893-1945) à Amazônia, bem como, a relevância da experiência da viagem na produção literária e científica destes dois autores-viajantes. Entre os participantes do evento estão os pesquisadores Roberto Zular (USP), Sergio Medeiros (UFSC), Marta Amoroso (USP) e Livia Raponi (IIC).
 
 

 
 
 
Exposição fotográfica “Nos passos de Stradelli. Viagem à Amazônia”
7 de outubro a 17 de novembro, 3ª a 5ª, das 10h às 18h
 
Colóquio Stradelli e Mário de Andrade
“Autores-viajantes na Amazônia: entre etnografia, mito e ficção”
3 de novembro, às 19h
 
Oficina Cultural Casa Mário de Andrade
R. Lopes Chaves 546, Barra Funda, São Paulo - SP
Fone: (11) 3826-4085
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 

 

 

 

 

16ª SEMANA DA LÍNGUA ITALIANA NO MUNDO
 
O Italiano e a Criatividade: Marcas e Costumes, Moda e Design
 
 
Atividades comemorativas trazem Design, Cinema, Literatura, Música, Fotografia
 
 
Para celebrar a língua e a cultura italiana, um dos eventos internacionais mais importantes, a 16ª Semana da Língua Italiana no Mundo entrou em cartaz em São Paulo no mês de outubro, com diversas atividades gratuitas.
 
Promovida pelo Istituto Italiano di Cultura de São Paulo e sob o tema O Italiano e a Criatividade: Marcas e Costumes, Moda e Design, esta 16ª edição teve início em 4 de outubro, com uma programação que engloba Cinema, Literatura, Fotografia, Design e Música.
 
 
PROGRAMAÇÃO DO MÊS DE OUTUBRO EM SP
 
04/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme:  La  Lunga  Notte  del  ' 43 (Itália 1960, 100’) - de Florestano Vancini
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
06/10 - LITERATURA
Ciclo de Homenagens a Ermanno Stradelli
Lançamento do livro “A Única Vida Possível. Itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia” (Organizadora Livia Raponi, Ed. Unesp, 2016)
Horário: 19h00
Local: Oficina Cultural Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves 546 - Barra Funda)
 
06/10 - FOTOGRAFIA
Ciclo de Homenagens a Ermanno Stradelli
Abertura da exposição fotográfica “Nos Passos de Ermanno Stradelli. Viagem à Amazônia”
Horário: 19h
Local: Oficina Cultural Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves 546 - Barra Funda)
Até 17 de novembro, terças a quintas, das 10h às 18h
 
11/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme: Il Giardino Dei Finzi Contini (Itália 1970, 93’) - de Vittorio De Sica
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
17/10 - DESIGN
Conferência de Abertura da XVI Semana da Língua: A linguagem do Design Italiano, com Carlo Forcolini
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
18/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme: Gli Occhiali D’Oro (França, Iugoslávia, Itália - 1987, 110’) - de Giuliano Montaldo
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
19/10 - DESIGN
Conferência: O Design na Floresta dos Símbolos - Design Vagante, com Massimo Canevacci
Local: Auditório do IED (Rua Maranhão 617, Higienópolis)
 
 
19, 20, 21 e 24 de outubro  -  LITERATURA
Conferências com Roberto Pazzi
 
19/10 - A Literatura de Giorgio Bassani
Local: USP- FFLCH - Prédio de Letras
 
20/10 - Encontro com os Estudantes
Local: Scuola Italiana Eugenio Montale (Rua Dr. José Gustavo Busch 75 - Morumbi)
 
21/10 - Os livros “A Princesa e o Dragão” e “Conclave” no Brasil
Local: USP – FFLCH - Prédio de Letras
 
24/10 - Ariosto, o mais alto momento de silêncio da transcendência na nossa poesia
Local: UFC
 
 
22 e 23/10 – MÚSICA   ( Fechamento da Semana da Língua )
 
Concerto de violino e piano com Katia Ghigi e Michele Rossetti
( Bach, Mozart, Brahms, Schubert, Rachmaninof e Bartok )
 
22/10  >  17h
Local: Theatro São Pedro (Rua Albuquerque Lins 207)
 
23/10  >  17h
Local: Sala Mário Lago (Pátio dos Trilhos S/N - Jacareí)
 
 
 
 
 

 

 
 
 
SOM DE QUALIDADE EM AMBIENTE DIFERENCIADO
 
 
 
 
 
 
No dia 6 de outubro (quinta-feira) tem NOITE DE JAZZ no Bugalú em São Paulo, com Show do Valv Trio + Disc Jockey Set de Leonardo Dellarole (Sound !s Soul).
 
Nas caixas acústicas: vertentes do Jazz, Funky Soul, temas Instrumentais e suas ramificações, além de outras variedades musicais que convenham em se tratando de distinção sonora, com e sem recursos eletrônicos.
 
O valor de entrada é 10 reais.
 
 
 
06.10.2016  -  5ª  -  20h  -  R$10
 
((((((((( BUGALÚ )))))))))
 
Rua Barra Funda 1056
 
+55 11 9.8030-2255
 
 
 
 
 

 

 

 
 
FESTA DA ACHIROPITA 2016
 
 
( Todo o dinheiro arrecadado é revertido em obras sociais da paróquia )
 
 

 
 
 
A 90ª edição da festa de Nossa Senhora da Achiropita ainda acontece no bairro do Bixiga, aos sábados e domingos, até o dia 4 de setembro, desde o dia 6 de agosto. O evento gastronômico estima receber um total em torno de 250 mil pessoas dispostas a aproveitar culinária e música italiana.
 
Cerca de 30 barracas oferecem delícias como polenta (R$ 10), fatias de pizza (R$ 4), fogazza (R$ 8) e claro, os doces típicos. Instaladas pelas ruas 13 de maio, São Vicente e Doutor Luiz Barreto.
 
A Cantina Madonna Achiropita, situada à Rua 13 de maio, é um espaço separado que vai além das barraquinhas de comida e conta com show ao vivo da banda Felice Itália. Para participar, é preciso comprar ingresso, cujo preço vai de 20 a 80 reais, variando de acordo com o dia (crianças pagam meia), e que pode ser adquirido na própria paróquia.
 
 

 
 
 
Os organizadores calculam que cerca de 12 mil fogazzas são consumidas todas as noites e que mais de 900 voluntários vão trabalhar durante o evento. A homenagem à padroeira começou no início do século passado com a chegada dos primeiros imigrantes italianos ao bairro do Bixiga. Todo o dinheiro arrecadado na festa é revertido para as obras sociais da paróquia.
 
A Procissão de Nossa Senhora Achiropita aconteceu no dia 21 de agosto, com saída marcada de tarde em frente à igreja.
 
 
 
PORQUE ACHIROPITA ?
 
 
Como Nossa Senhora “Achiropita” é um título tão diferente dos conhecidos e comuns nomes atribuídos à Mãe de Jesus Cristo, convém explicar seu significado. Sempre possível contando uma bonita história, que pertence à tradição do povo italiano, vindo da Calábria para o Brasil, no final do século XIX.
 
 

 
 
 
Eis a história:
 
No ano de 580 um certo capitão Maurício enfrentou uma grande tempestade em alto mar. Gritava por socorro à Nossa Senhora e prometeu que, se fosse salvo com sua tripulação, construiria um santuário em sua homenagem. Desviado pelos ventos, por um milagre, conseguiu salvar-se e, na aldeia em que atracou, encontrou um monge que lhe disse: “Não foram os ventos que o trouxeram para este lugar. Foi Maria, para que lhe construa um santuário, quando o senhor for eleito imperador”. A profecia cumpriu-se e o santuário foi construído em Rossano Calabro. Um artista da região iniciou uma pintura da imagem de Maria. Ocorria, no entanto, que tudo o que pintava durante o dia, desaparecia à noite. Assim, colocaram um vigilante para impedir a entrada de possíveis intrusos, que estivessem danificando a pintura.
 
Numa certa noite, uma formosa mulher, com uma criança no colo, pediu para entrar e rezar. Após insistir, obteve a permissão. Que mal poderia fazer aquela gentil senhora? 
 
Passaram longos minutos e a mulher não saía da igreja. Quando o vigilante entrou, viu a imagem da mulher e do menino estampada no lugar da pintura. Por esta razão o vigilante saiu gritando pelas ruas: Nossa Senhora Achiropita! Nossa Senhora Achiropita! (A-kirós-pita - não pintada por mãos humanas).
 
Esta é a devoção Mariana que os irmãos italianos trouxeram para o Brasil e que é venerada como protetora e Mãe da comunidade. Sua festa é celebrada oficialmente em 15 de agosto, dia da Assunção de Nossa Senhora.
 
No Brasil, só existe uma igreja dedicada à Nossa Senhora com o título de Achiropita, e se encontra em São Paulo, no bairro da Bela Vista (Bixiga). A festa alusiva que ocorre todo ano é a maior comemoração religiosa da cidade.
 
 

 
 
 
Horários:  Sábado - 18 às 24h.  Domingo - 17h30 às 22h30
 
Onde:  Rua 13 de Maio - Bela Vista - São Paulo - SP
 
Informações:  (11) 3106-7235  /  contato@achiropita.org.br
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
Em exposição até o dia 28 de agosto de 2016, a mostra "Ensaios Visuais do Piemonte - 10 Fotógrafos Italianos na Casa Fiat de Cultura" reúne obras de 10 talentosos jovens artistas, totalizando 34 imagens, que retratam desde o cotidiano da região às belas paisagens. A exposição tem entrada gratuita e conta com o apoio da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria de Minas Gerais.
 
Para o curador da exposição, Giuseppe Olivero, presidente da Associação Piemontesa e membro do Conselho Diretor da Câmara, a mostra é a oportunidade de o público mineiro conhecer um pouco da cultura de uma das regiões mais apaixonantes da Itália. "A partir dos registros, o visitante irá conhecer a alma do piemontês, que também tem muito dos mineiros. Certa vez, traduzi o poema 'Ser mineiro', de Carlos Drummond de Andrade, e, a todos da comunidade italiana a quem o mostrei acreditavam que era um relato sobre ser piemontês. São culturas muito próximas, mas que ainda têm muito a se descobrir mutuamente", destaca Olivero.
 
Integrando as comemorações do Ano da Itália na América Latina, a iniciativa é uma realização das Associações Piemontesas de Belo Horizonte e de São Paulo, em parceria com a Casa Fiat de Cultura e o Gruppo Dirigenti Fiat (GDF). A mostra conta com o patrocínio da Sada Logística e o apoio do Consulado da Itália em Belo Horizonte, do Comitê dos Italianos no Exterior - Seção Minas Gerais (Comites MG) e da Associação Cultural Ítalo-Brasileira de Minas Gerais (Acibra-MG), além da Câmara Ítalo-Brasileira.
 
 
SERVIÇO
 
Casa Fiat de Cultura
Praça da Liberdade, 10 - Funcionários - BH/MG
Visitas: 3ª a 6ª das 10h às 21h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.
Informações: (31) 3289-8900
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

No dia 16 de julho (sábado), a partir das 18 horas, acontece nova edição da !NTERMEZZO, uma das mais inusitadas festas intimistas de São Paulo, desta vez no Season One - Art's & Bar, que se encontra na rua Mourato Coelho, em Pinheiros, um arrojado e peculiar ambiente que viaja pelo mundo da arte cinematográfica e televisiva...

 
O conceito musical é "Sem Regras", abrangendo música de todos os estilos, épocas e etnias, porém com uma única restrição: não abandonar a qualidade sonora em se tratando de inspiração criativa e/ou composição instrumental... Em outras palavras, um pouco de tudo que é legal tanto para músicos e profissionais do áudio, quanto para o povo de modo geral, mas sem "maltratar" os tímpanos e a construção intelectual, assim como o desenvolvimento espiritual. Isso não significa somente música de alto nível, para professores ou algo assim, estamos falando de tudo que provém da integridade e tem funcionalidade tanto consciente quanto subconsciente em nossas vidas. Gosto não se discute. Gregos e Troianos sempre existirão. Isso não significa que não se possa unir diferentes povos, idades, e porque não, "sons". Mais física e menos teoria.
 
A sonora do evento fica por conta do Dj "brasitaliano" Leo Dellarole (signatário destas linhas) e seus convidados.
 
Os valores de entrada, muito plausíveis, são R$10 ou 50 consumíveis para as mulheres, e R$20 ou 50 consumíveis para os homens, direto na porta.
 
 
CHEER$   *   $ALUT!
 
 
SE BEBER NÃO DIRIJA.  SEJA CONSCIENTE E PENSE COLETIVAMENTE.
 
 
 
SERVIÇO
 
!NTERMEZZO @ Season One - Art's & Bar
Season One - Art's & Bar
R. Mourato Coelho, 575
Todos os cartões de débito são aceitos
Estacionamento próximo. À 10 minutos do Metrô Fradique (Linha Amarela)
Fones: (11) 2506-4057  /  (11) 9.9778-2855
 
 

 

 

 


 

 

 

 

 

ESPECIAL SOBRE JAZZ ITALIANO REÚNE MÚSICA, EXPOSIÇÃO E CONVERSAÇÃO

 

 

O jazz italiano desembarca em São Paulo no mês de julho de uma forma atípica, ao reunir música, exposição e debate - tudo ao mesmo tempo. ITALIA IN JAZZ promete surpreender o público e mexer com os seus sentidos. O evento, com oportunidade única de mostrar as três performances, ocorre no dia 6 de julho, entre 18h e 21h, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, com entrada gratuita. A exposição, unicamente, permanece em cartaz até 14 de agosto.

 
Já pelo título da apresentação musical, será possível notar a sua profundidade sonora: "Viagem Entre o Espírito e a Natureza", dos músicos Rino Cirinnà e Dino Rubino. O concerto é pensado como uma viagem em busca da espiritualidade escondida não somente no aspecto religioso, como também na arte, na arquitetura e na magia das luzes que se encontram em alguns lugares: um percurso sonoro e visual que se distingue pelo prazer da descoberta.
 
Enquanto os ouvidos do público se preenchem com a música, seus olhos terão a oportunidade de apreciar o trabalho de um dos mais renomados fotógrafos italianos da contemporaneidade, Pino Ninfa, que encontrou no jazz uma das temáticas fortes de seu trabalho. "Como um Conto Chamado Jazz" traz 42 fotografias do profissional, que estará presente na abertura da mostra, no dia 6. Nomes como Keith Jarret, Gonzalo Rubalcaba, Sonny Rollins, Michel Petrucciani, Dee Dee Bridgewater, poderão ser vistos em atuação ou em intervalos de shows.
 
Completando o encontro, o crítico musical especializado em jazz, Luigi Onori, bate um papo com a plateia, cujo tema é "Brasil no Jazz Italiano (Rava, Bollani, De Vito, Mirabassi, Stilo...): Colaborações, Releituras e Imaginários Sonoros Entre os Dois Países Latinos".
 
 
ITALIA IN JAZZ - Música, Exposição e Conferência
 
Abertura: 6 de julho de 2016, às 18h
 
Centro Cultural São Paulo 
 
Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso - SP  ( Estação Vergueiro do Metrô )
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO COMPLETA, SOLICITAR PELO MESMO E-MAIL DAS INSCRIÇÕES

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 
 
 
ÚNICA QUERMESSE DE RUA REALIZADA NA REGIÃO DOS JARDINS EM SP
 
Festa Junina da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
 
 
Aberta ao público, com entrada franca, fácil estacionamento e segurança.
 
Dias 11, 12, 18 e 19 de junho de 2016, das 13h às 22h.
 
 
Espaço familiar com mesas e cadeiras. Comida típica não fica de fora:
 
Milho verde, pamonha, hot dog, pinhão, vinho quente, quentão, churrasco, pastel, pizza, doces, salgados e mais... 
 
Brincadeiras nas barracas de entretenimento: argola, pescaria, roleta, correio elegante, etc.
 
A festa ainda reserva outras surpresas, com muita música e apresentações sertanejas, sanfoneiros e quadrilhas.
 
 
11/06 - Show com a banda sinfônica de Laranjal Paulista
 
18/06 - Apresentação especial de Luciana Mello
 
19/06 - Show com Jair Oliveira
 
 
A RENDA DA FESTA É DESTINADA À OBRAS SOCIAIS
 
 
Praça da Igreja - R. Honório Líbero, 100 - Jardim Paulistano - São Paulo
 
 
Informações:
 
(11) 3083-0033     /     paroquiaperpetuosocorro@ig.com.br
 
 
www.paroquiaperpetuosocorro.net
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

"O Começo da Vida" é um filme que está percorrendo os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada ser-humano. 
 
A Primeira Infância (período que vai da gestação aos seis anos) é uma janela de oportunidade que, se bem cuidada, contribui para o pleno desenvolvimento do indivíduo e gera impactos positivos para toda a vida.
 
 
 

 

 

 

"L’Inizio della Vita" è un film che sta girando il  mondo per far conoscere l'importanza dei primi anni di vita per la formazione dell'individuo. 
 
Il periodo che va dalla nascita fino ai 6 anni è un momento fondamentale, in cui si formano le basi per lo sviluppo e la crescita dell’essere umano. Un ambiente stimolante, che rispetti i tempi e le esigenze del bambino, produrrà effetti positivi per tutta la vita.

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 
 
 
 
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 
 
 
A festa da Paróquia de Nossa Senhora de Casaluce é a mais antiga e tradicional festa italiana da cidade de São Paulo. Acontece desde 1900 no Brás graças à articulação e empenho dessa comunidade.
 
O evento, que reúne 150 voluntários na preparação dos festejos, conta com mais de 30 barracas de comidas, bebidas e doces típicos italianos ao longo da Rua Caetano Pinto, inclusive com shows gratuitos, em todos os dias da festa. Oferece um espaço reservado para 250 pessoas onde acontecem shows de música italiana. O convite para ingressar nesse espaço dá direito a um prato de macarrão, um pedaço de pizza e um refrigerante. Conta também com ‘‘Ação entre Amigos’’, vários prêmios e sorteios relâmpagos.
 
A arrecadação destina-se à assistência em prol das pessoas mais carentes da região e para a continuidade das obras que estão sendo realizadas na Igreja.
 
 
História
 
A história de Nossa Senhora de Casaluce vem do sul da Itália (século XII). Na cidade de Aversa, em um dia de temporal muito forte, uma linda moça negra bateu à porta de um seminário. Como a entrada de mulheres nestas instituições era proibida, os padres pediram para ela ir a um convento na cidade mais próxima, Casaluce, que significa “Casa de Luz”. As freiras a acolheram e a instalaram em um quarto. No dia seguinte, as freiras não a encontraram e no seu lugar havia apenas um quadro – era a figura da moça com uma criança nos braços. A partir daí vários milagres foram atribuídos àquela santa.
 
A Paróquia de Nossa Senhora de Casaluce em São Paulo guarda uma relíquia dessa santa, um quadro vindo da Itália em 1900. Essa obra fica guardada em local protegido durante a festa e no Tríduo de Preparação além da própria Procissão em Devoção à Nossa Senhora, no último final de semana da festa, ela é exposta para todos os fiéis, preservando a tradição.
 
 
30/04 a 29/05 de 2016 - apenas aos Sábados (18h às 24h) e Domingos (18h às 23h)
 
Rua Caetano Pinto, 608 / 618 – Brás – São Paulo - SP
 
Fone: (11) 3209-6051
 
 
 
 
 

 

 
 
 
CINEMA: SUSPENSE CONTEMPORÂNEO EM ROMA É TEMA DE CICLO DO IIC
 
 
Programação discute não somente o mundo dos crimes,
 
mas também o "diferente" na sociedade
 
 
 
 
 
 
Durante todo o mês de maio: crimes, o submundo político e o emaranhado de mistérios e preconceitos que rondam a vida cotidiana percorrem as terças-feiras na sede do Istituto Italiano di Cultura de São Paulo.
 
O ciclo exibe títulos marcantes do gênero na Itália, todos baseados em livros homônimos de Giancarlo de Cataldo, uma referência do suspense no país.
 
Todos os filmes são apresentados por Oscar L. Marzorati, quem faz um debate com o público após a exibição dos longas-metragens.
 
Os eventos integram a programação do Ano da Itália na América Latina.
 
 
 
Ciclo de Cinema Italiano - Suspense Contemporâneo em Roma
 
Istituto Italiano di Cultura di San Paolo  ( Avenida Higienópolis, 436 )
 
 
* ENTRADA FRANCA *
 
 
 
ROMANZO CRIMINALE  (de Michele Placido, Itália, 2005 - 174')
 
10.05.2016 - 19h30
 
Adaptação cinematográfica do livro homônimo, escrito por Giancarlo De Cataldo em 2002, a trama retrata a história da banda “della Magliana” alcunha que lhe foi conferida pelo jornalismo italiano à gangue que foi considerada a mais poderosa organização criminal que atuou em Roma, para a qual foram atribuídas ligações com outras organizações do poder.
 
 
IL PADRE E LO STRANIERO  (de Ricky Tognazzi, Itália, 2010 - 110')
 
17.05.2016 - 19h30
 
Uma história dolorosa, com um viés de suspense e mistério. O filme é uma adaptação do livro homônimo de Giancarlo de Cataldo. A trama tem por cenário a cidade de Roma, com tons de Oriente Médio. Como protagonistas, o italiano Diego e o árabe Walid. Os dois iniciam uma profunda amizade, unidos pelo amor que têm por seus filhos, ambos com necessidades especiais.  Diego, através de seus contatos com Walid, poderá reavaliar os termos “diferente” e “normal”.
 
 
SUBURRA  (de Stefano Sollima, Itália/França, 2015 - 135')
 
24.05.2016 - 19h30
 
Adaptação cinematográfica do livro homônimo escrito por Carlo Bonini e Giancarlo De Cataldo, um filme sobre Roma e o emaranhado entre vida cotidiana e submundo político que enreda e destrói pessoas inocentes com resultados impressionantes. Suburra é o nome de um bairro da Antiga Roma, em cuja parte baixa viviam e “governavam” os criminosos.
 
 
 
 
 

 

 

 

 

O FUTURO É A SEMANA QUE VEM: UM ESTUDO SOBRE JUVENTUDE E TEMPO

 
Especialmente para interessados nas áreas de orientação profissional
 
 
Dia 17 de Maio de 2016, no Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE)
 
 
 
 
 
 
Público-alvo:
 
Educadores, pedagogos, psicólogos, estudantes de psicologia e pedagogia, interessados na formação em orientação profissional.
 
 
Palestrante:
 
FLÁVIA MARIA MARQUES  - Psicóloga, mestre e doutora em educação pela PUC-SP
 
 
Auditórios "Ernesto Igel" e "Mario Amato" do CIEE
 
8h30 - Recepção e café da manhã
 
9h00 - Início da palestra
 
Endereço: Rua Tabapuã, 540 - Itaim Bibi - São Paulo - SP
 
 
INSCRIÇÕES GRATUITAS E OBRIGATÓRIAS:  www.ciee.org.br/portal/eventos
 
 
E-mail: relpublicas@ciee.org.br
 
Fones: (11) 3040-6541 / 6542
 
 
- Estacionamento gratuito à Rua Tabapuã, 445
 
- Será disponibilizado certificado de participação
 
- Traje social
 
 
 
 
 

 

 

 

 
 
 
 
 
 

 

 

 

 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
EXPOSIÇÃO: MIRADA INTERIOR, DE VALERIO BISPURI
 
 
Mostra que revela realidades diversas e complexas pelo mundo.
 
Em SP, de 10 de abril a 5 de junho de 2016.
 
 
ENTRADA FRANCA
 
 
São Paulo recebe a partir do dia 10 de abril (domingo) a exposição fotográfica Mirada Interior, do italiano Valerio Bispuri, marcando presença na abertura para um bate-papo com o público. A mostra, que já passou pela Europa e América Latina, é inédita no Brasil e traz 44 imagens do percurso do fotógrafo pelo mundo nos últimos 15 anos. O evento acontece no Centro Cultural São Paulo e integra a programação do Ano da Itália na América Latina, promovido pelo Istituto Italiano di Cultura de São Paulo.
 
Tendo como base a antropologia, o consumo de "paco" (droga similar ao crack) na América do Sul, a realidade do mundo cigano, além do modo de vida na Índia, Cuba e Filipinas são alguns dos temas abordados na exposição, que tem como objetivo revelar realidades diversas e difíceis de um mundo cada vez mais complexo.
 
"O objetivo é ao mesmo tempo, sensibilizar e conscientizar os observadores por meio de imagens com grande impacto emotivo, como também fazê-los refletir sobre a realidade complexa e contraditória de nosso mundo", explica Bispuri, um dos mais premiados repórteres fotográficos da atualidade.
 
Segundo o fotógrafo, Mirada Interior é uma maneira de olhar para dentro do próprio ser humano. "Somente quando se está dentro, quando se toca fisicamente a realidade, é possível chegar ao registro de uma imagem", afirma.
 
 
 
 
 
 
Serviço
 
- Exposição Mirada Interior, de Valerio Bispuri
 
- Período: 10 de abril a 5 de junho de 2016. Entrada gratuita
 
- Abertura: 10/04 às 19h30 no Piso Flávio de Carvalho. Bate-papo com o autor às 18h no Piso Caio Graco
 
- Local: Centro Cultural São Paulo - Rua Vergueiro 1000
 
- Visitação: Terça a Sexta, das 10h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
 
 
 
 
 

 

 

 

 

“OLHAR EM MOVIMENTO” - EXPOSIÇÃO INÉDITA NO BRASIL

 
 
A arte cinética italiana entre os anos 50 e 70 permite interação do público em SP
 
 
 
 
 
 
Em decorrência do Ano da Itália na América Latina, o Istituto Italiano di Cultura de São Paulo traz ao país a mostra Olhar em Movimento - Linguagens da arte cinética italiana dos anos 1950-70. Realizado em colaboração com o Instituto Tomie Ohtake, o evento fica aberto ao público até o dia 1º de maio, em São Paulo e a entrada é gratuita.
 
A exposição, que já passou por Peru, Equador e Chile, apresenta 50 obras compostas por pinturas, colagens, vídeos, esculturas e outros objetos realizados por grandes nomes da arte óptica e cinética italiana, como Bruno Munari, Gianni Colombo e artistas do Gruppo T. A mostra ainda exibe 10 modelos do estilista Fausto Sarli, que revela ao público conexões entre arte e moda nas décadas em questão.
 
“A arte cinética produz obras que são abertas e programadas, nas quais o movimento é fundamental. O movimento destas obras pode ser real, com a ajuda de mecanismos, ou ilusórios e ópticos, obtidos através de efeitos de iluminação”, explica a curadora da mostra Micol Di Veroli. “Por isso, é uma arte considerada racional, em que se tem total controle do objeto”, acrescenta.
 
Com surgimento na Europa na década de 1930, os artistas cinéticos têm como imposição o uso da criatividade para fazer um contato analítico de arte que mistura ciência, sociedade, artistas e espectadores.
 
 
Micol Di Veroli
 
Especialista em arte moderna e contemporânea, além de “Olhar em Movimento”, também é responsável pela curadoria de inúmeras exposições artísticas na Itália e em outros países. Lecionou fenomenologia da arte contemporânea na Rome University of Fine Arts e foi diretora artística da galeria Dora Diamanti, em Roma.
 
 
Ano da Itália na América Latina
 
O Ano da Itália na América Latina: histórias, viagens, descobertas e empreendimentos é um programa promovido pelo Ministério das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional da Itália, que pretende integrar e valorizar as mil faces da presença italiana no subcontinente latino-americano. Desta forma, estão sendo realizadas várias atividades ao longo de 2016 pelos Institutos Italianos de Cultura, Embaixadas da Itália e Consulados italianos em toda a América Latina.
 
 
 
SERVIÇO
 
Olhar em Movimento – Linguagens da arte cinética italiana dos anos 1950-70
 
17 de março a 1º de maio de 2016, de terça a domingo, das 11h às 20h
 
Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropés 88) - Pinheiros – São Paulo - SP 
Metrô mais próximo: Estação Faria Lima/Linha 4 - amarela
Fone: 11 2245 1900
 
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
No dia 16 de julho (sábado), a partir das 18 horas, acontece nova edição da !NTERMEZZO, uma das mais inusitadas festas intimistas de São Paulo, desta vez no Season One - Art's & Bar, que se encontra na rua Mourato Coelho, em Pinheiros, um arrojado e peculiar ambiente que viaja pelo mundo da arte cinematográfica e televisiva...
 
O conceito musical é "Sem Regras", abrangendo música de todos os estilos, épocas e etnias, porém com uma única restrição: não abandonar a qualidade sonora em se tratando de inspiração criativa e/ou composição instrumental... Em outras palavras, um pouco de tudo que é legal tanto para músicos e profissionais do áudio, quanto para o povo de modo geral, mas sem "maltratar" os tímpanos e a construção intelectual, assim como o desenvolvimento espiritual. Isso não significa somente música de alto nível, para professores ou algo assim, estamos falando de tudo que provém da integridade e tem funcionalidade tanto consciente quanto subconsciente em nossas vidas. Gosto não se discute. Gregos e Troianos sempre existirão. Isso não significa que não se possa unir diferentes povos, idades, e porque não, "sons". Mais física e menos teoria.
 
A sonora do evento fica por conta do Dj "brasitaliano" Leo Dellarole (signatário destas linhas) e seus convidados.
 
Os valores de entrada, muito plausíveis, são R$10 ou 50 consumíveis para as mulheres, e R$20 ou 50 consumíveis para os homens, direto na porta.
 
 
CHEERS   *   SALUT!
 
 
SE BEBER NÃO DIRIJA.  SEJA CONSCIENTE E PENSE COLETIVAMENTE.
 
 
 
SERVIÇO
 
!NTERMEZZO @ Season One - Art's & Bar
Season One - Art's & Bar
R. Mourato Coelho, 575
Todos os cartões de débito são aceitos
Estacionamento próximo. À 10 minutos do Metrô Fradique (Linha Amarela)
Fones: (11) 2506-4057  /  (11) 9.9778-2855

PUBLICIDADE

Banner Banner Banner