Dicas

 


 

 

 

*  MUSICOTERAPIA  *

 
Metafisica, Metamorfosi, Conversazioni fra Strumenti dell' Universo
 
 Metaphysics, Metamorphoses, Universe Instruments Conversations  }

 

 

Se possibile, ascoltare con le cuffie per un migliore apprezzamento

 

{  If you can, listen it with headphones for a better appreciation  }

 
 
 
 
 

 

 

 
 
ONDAS DE AÇO EM REGGIO EMILIA
 
 
Os incríveis aspectos arquitetônicos da estação Mediopadana e suas conexões
 
 
 
Calatrava Bridge
 
 
 
“A paisagem ‘padana’ é plana e verde. De tanto em tanto emerge um pequeno grupo de árvores ou um campanário - um pequeno povoado com a sua magnifica igreja. Era por tanto necessário desenvolver elementos que doassem vida: arcos, semi-arcos, ondas que criassem sinais distintivos no território.”
 
Assim, fiel às próprias palavras, o arquiteto Santiago Calatrava Valls (Valencia 1951) escolhido em 2002 para redesenhar o perfil da área norte de Reggio Emilia, entre os anos 2007 e 2013 fez escorrer uma verdadeira onda de aço cândido que reina sobre toda a planície. A pouco mais de 2 quilômetros do centro de Reggio: três audaciosas pontes (sustentadas por vigas de aço ligadas aos arcos altos a mais de 40 metros e que sustentam um peso de até 6 mil toneladas cada um) que conduzem, atravessando com leveza sobre campos, rodovias e ferrovias, à nova estação Mediopadana destinada à alta velocidade (hoje aproximadamente 2500 passageiros por dia). Um investimento de 79 milhões de euros. As pontes, desde o principio consideradas as mais lindas da Itália, já receberam um próprio reconhecimento internacional: European Steel Design Award - prêmio pelo uso criativo do aço.
 
Mas uma outra poderosa “ondada” é aquela representada pela estação, um perfil dinâmico em metal cândido, vidro e concreto, que hoje é uma das obras arquitetônicas mais interessantes da Europa. Calatrava desenhou (e a Cimolai de Pordenone realizou) uma estrutura longa de 483 metros, composta por 19 módulos de aproximadamente 25 metros. E cada módulo é formado por 25 “portais” de aço dispostos em fila com apenas 1 metro de distância entre um e outro, mas levemente sobrepostos. Resultado? Uma longa onda em movimento, perfeita, que reflete os raios de sol durante o dia e brilha na noite, e em meio a essa longa “onda dinâmica” desfilam os comboios das companhias italianas de transporte ferroviário.
 
Em tudo são 14 mil toneladas de aço. Dois pisos, no piso superior: trilhos, cais, escadas rolantes... No térreo: correspondências com os trens regionais e as linhas públicas (onde o acesso é possível somente sobre “rodas”), além dos serviços comerciais.
 
A Mediopadana situa-se a 4 km do centro de Reggio Emilia e a 2 km da rodovia. Muito bem estruturada, conta com um estacionamento de aproximadamente 940 vagas (das quais 15 para pessoas com necessidades especiais), uma área dedicada a bicicletas, serviço de táxi para grupos de 4 a 8 pessoas, mais o acesso do ônibus Nº5... Para melhor mobilidade há também uma conexão com a estação central de Piazzale Marconi.
 
 
 
Calatrava Station
 
 
 
 
 
 
MAIORES INFORMAÇÕES
 
info@reggiolingua.it
 
+39 340.8537630 – Daniela Vezzani
 
+39 348.5901718 – Paola Garofoli
 
Tel / Fax  0522.454777
 
WhatsApp em português: +39 3382750386 – Marcia Regina Rocha
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
ITALIAN SHORT FILM FESTIVAL
 
 
Seleção dos melhores Curtas Italianos  
 
 
 
Após o sucesso da primeira temporada de 2015 em São Paulo, este ano também será apresentada a seleção dos trabalhos mais interessantes e significativos da produção de curtas italianos.
 
Em colaboração com:  Centro Nazionale del Cortometraggio di Torino  /  Italian Short Film Center
 
 
(  PROGRAMAÇÃO  )
 
America  -  di Alessandro Stevanon  -  Itália, 2013, 13’
 
Office Kingdom  -  di E. Bertolucci, S. Centoducati, G. De Toma e R. Pirito  -  Itália, 2014, 6’54’’
 
Otto  -  di Salvatore Murgia e Dario Imbrogno  -  Itália, 2015, 2’
 
Recuiem  -  di Valentina Carnelutti  -  Itália, 2013, 20’
 
Thriller  -  di Giuseppe Marco Albano  -  Itália, 2014, 14’
 
Un Uccello Molto Serio  -  di Lorenza Indovina  -  Itália, 2013, 13’49’’
 
 
 
 
 
 
15 de dezembro de 2016 (quinta-feira), às 19h30, no Salão do Instituto Italiano de Cultura
 
{  Avenida Higienópolis 436  -  São Paulo  }
 
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 

 

 

 

 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

90 ANOS DA MORTE DE ERMANO STRADELLI, FIGURA CENTRAL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA
 
 
Eventos em sua homenagem até 17.11.2016, na Casa Mário de Andrade
 
 
ENTRADA FRANCA
 
 
Um dos personagens mais emblemáticos do mundo científico ítalo-brasileiro do último século, Ermanno Stradelli (Borgo Val di Taro, Emilia-Romagna, 1852  -  Manaus, Amazonas, 1926), retorna ao centro da temática das ciências humanas entre os meses de outubro e novembro, em decorrência dos 90 anos de sua morte. Para homenagear o antropólogo, etnógrafo, linguista, tradutor, fotógrafo e jurista italiano, um dos pioneiros no estudo e na difusão da Amazônia indígena brasileira dentro e fora do país, o Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (IIC SP), em parceria com a editora UNESP e a Casa Mário de Andrade, realizam eventos inéditos sobre sua figura nas áreas literária e fotográfica que prometem surpreender o público por conterem elementos até então nunca revelados. As atividades ocorrem na Casa Mário de Andrade (instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo), com entrada franca. O ciclo de homenagens teve início no dia 6 de outubro, quando ocorreu simultaneamente o coquetel de lançamento do livro e a abertura da mostra.
 
O livro A única vida possível. Itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia ilustra os vários perfis e a múltipla atuação desse incansável pesquisador que, entre os séculos 19 e 20,  desempenhou um delicado papel de intérprete e revelador da Amazônia indígena para o público culto do Brasil e da Itália. Stradelli dedicou grande parte de sua existência na busca pelo conhecimento e divulgação das expressões originais das culturas autóctones do Alto Rio Negro, sendo, até hoje, uma imprescindível referência para os estudiosos de antropologia, línguas e literaturas ameríndias. O volume, organizado pela pesquisadora de sua vida e obra Livia Raponi, vice-diretora do IIC SP e idealizadora do projeto sobre o estudioso, compreende ensaios inéditos de especialistas brasileiros e italianos de diferentes áreas disciplinares e uma rica seção iconográfica.
 
Já a exposição Nos passos de Stradelli. Viagem à Amazônia, que segue em cartaz até 17 de novembro, reúne uma seleção de imagens produzidas pelo próprio Stradelli, um pioneiro nessa tarefa, ao longo de suas expedições pelo interior amazonense (1880-1900). Esse precioso registro histórico, proveniente dos arquivos da Sociedade Geográfica Italiana, é colocado em diálogo com as fotografias contemporâneas de Graziano Bartolini, realizadas por ocasião de uma viagem fluvial em busca dos rastros de Stradelli. Bartolini, como ressalta a curadora Livia Raponi, "conseguiu imortalizar de maneira sutil e íntima os rituais de Jurupari, herói legislador da mitologia ameríndia, cuja importância para os indígenas despertou o interesse de Stradelli e motivou suas investigações sobre os povos nativos do rio Uaupés". 
 
Pertencente a uma influente e nobre família da cidade de Piacenza, no norte da Itália, o conde Ermanno Stradelli gastou seu patrimônio pessoal para financiar expedições que tinham como objetivo o estudo do território, da hidrografia e das populações da Amazônia brasileira. Sua obra, em particular o Vocabulário Nheengatu-Português e a Leggenda del Jurupari (transcrição do ciclo mitológico sobre o Jurupari - da lenda do Jurupari), é uma importante referência para os atuais pesquisadores da área.
 
Mesmo aos 90 anos de sua morte, sua figura foi tão intensa para várias tribos indígenas amazônicas, que até hoje, ele ainda é lembrado pelos descendentes dos índios que o conheceram como o “doutor conde”.
 
 
Stradelli e Mário de Andrade na Amazônia
 
Para completar o ciclo de homenagens ao italiano Ermanno Stradelli, no dia 3 de novembro acontece um colóquio voltado a explorar os paralelos entre as viagens etnográficas de Stradelli e do escritor, etnógrafo e fotógrafo brasileiro Mário de Andrade (1893-1945) à Amazônia, bem como, a relevância da experiência da viagem na produção literária e científica destes dois autores-viajantes. Entre os participantes do evento estão os pesquisadores Roberto Zular (USP), Sergio Medeiros (UFSC), Marta Amoroso (USP) e Livia Raponi (IIC).
 
 

 
 
 
Exposição fotográfica “Nos passos de Stradelli. Viagem à Amazônia”
7 de outubro a 17 de novembro, 3ª a 5ª, das 10h às 18h
 
Colóquio Stradelli e Mário de Andrade
“Autores-viajantes na Amazônia: entre etnografia, mito e ficção”
3 de novembro, às 19h
 
Oficina Cultural Casa Mário de Andrade
R. Lopes Chaves 546, Barra Funda, São Paulo - SP
Fone: (11) 3826-4085
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 

 

 

 
 
16ª SEMANA DA LÍNGUA ITALIANA NO MUNDO
 
O Italiano e a Criatividade: Marcas e Costumes, Moda e Design
 
 
Atividades comemorativas trazem Design, Cinema, Literatura, Música, Fotografia
 
 
Para celebrar a língua e a cultura italiana, um dos eventos internacionais mais importantes, a 16ª Semana da Língua Italiana no Mundo entrou em cartaz em São Paulo no mês de outubro, com diversas atividades gratuitas.
 
Promovida pelo Istituto Italiano di Cultura de São Paulo e sob o tema O Italiano e a Criatividade: Marcas e Costumes, Moda e Design, esta 16ª edição teve início em 4 de outubro, com uma programação que engloba Cinema, Literatura, Fotografia, Design e Música.
 
 
PROGRAMAÇÃO DO MÊS DE OUTUBRO EM SP
 
04/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme: La Lunga Notte del ’43 (Itália 1960, 100’) - de Florestano Vancini
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
06/10 - LITERATURA
Ciclo de Homenagens a Ermanno Stradelli
Lançamento do livro “A Única Vida Possível. Itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia” (Organizadora Livia Raponi, Ed. Unesp, 2016)
Horário: 19h00
Local: Oficina Cultural Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves 546 - Barra Funda)
 
06/10 - FOTOGRAFIA
Ciclo de Homenagens a Ermanno Stradelli
Abertura da exposição fotográfica “Nos Passos de Ermanno Stradelli. Viagem à Amazônia”
Horário: 19h
Local: Oficina Cultural Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves 546 - Barra Funda)
Até 17 de novembro, terças a quintas, das 10h às 18h
 
11/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme: Il Giardino Dei Finzi Contini (Itália 1970, 93’) - de Vittorio De Sica
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
17/10 - DESIGN
Conferência de Abertura da XVI Semana da Língua: A linguagem do Design Italiano, com Carlo Forcolini
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
18/10 - CINEMA
Ciclo de Cinema Italiano - Homenagem ao Escritor Giorgio Bassani
Apresentação: Oscar L. Marzorati
Exibição do filme: Gli Occhiali D’Oro (França, Iugoslávia, Itália - 1987, 110’) - de Giuliano Montaldo
Horário: 19h30
Local: Istituto Italiano di Cultura de São Paulo (Avenida Higienópolis 436)
 
19/10 - DESIGN
Conferência: O Design na Floresta dos Símbolos - Design Vagante, com Massimo Canevacci
Local: Auditório do IED (Rua Maranhão 617, Higienópolis)
 
 
19, 20, 21 e 24 de outubro  -  LITERATURA
Conferências com Roberto Pazzi
 
19/10 - A Literatura de Giorgio Bassani
Local: USP- FFLCH - Prédio de Letras
 
20/10 - Encontro com os Estudantes
Local: Scuola Italiana Eugenio Montale (Rua Dr. José Gustavo Busch 75 - Morumbi)
 
21/10 - Os livros “A Princesa e o Dragão” e “Conclave” no Brasil
Local: USP – FFLCH - Prédio de Letras
 
24/10 - Ariosto, o mais alto momento de silêncio da transcendência na nossa poesia
Local: UFC
 
 
22 e 23/10 – MÚSICA   ( Fechamento da Semana da Língua )
 
Concerto de violino e piano com Katia Ghigi e Michele Rossetti
( Bach, Mozart, Brahms, Schubert, Rachmaninof e Bartok )
 
22/10  >  17h
Local: Theatro São Pedro (Rua Albuquerque Lins 207)
 
23/10  >  17h
Local: Sala Mário Lago (Pátio dos Trilhos S/N - Jacareí)
 
 
 
 
 

 

 
 
 
AS ESCOLAS INFANTIS MAIS LINDAS DO MUNDO
 
 
 
Asilo nido ecosostenibile di Guastalla, nella pancia di una Balena dell'architetto Cucinella
 
 
 
O primeiro passo ao desenvolvimento da filosofia educacional chamado "Reggio Emilia Approach" aconteceu nos anos 60, quando em Reggio Emilia o pedagogo Loris Malaguzzi começou a considerar as creches não como um lugar onde as crianças eram mantidas e cuidadas enquanto os pais trabalham, mas como um espaço para um percurso de crescimento e de experiências criativas com outras crianças, vendo a criança não apenas como pessoa imatura, mas como um indivíduo rico de potencialidades e capaz de ser um protagonista. Fator decisivo para isso, são as estruturas idealizadas ou adaptadas especialmente para as crianças, seguindo critérios arquitetônicos onde a transparência e a comunicabilidade entre os espaços permita que cada criança possa observar e ser estimulada por atividades que estejam sendo realizadas nas  áreas próximas a ela, de maneira que comunicando-se com outras crianças, compreenda e escolha livremente as atividades no qual deseja participar. Nesta abordagem pedagógica cobre um papel fundamental a participação das famílias, o trabalho coletivo dos funcionários, a presença do atelier e figura do atelierista, cozinha interna e a coordenação didática e pedagógica.
 
Desde que nos anos 90 a prestigiosa revista norte-americana Newsweek declarou como as creches municipais de Reggio Emilia fossem por atenção, habitat e sobretudo proposta educacional, as melhores estruturas do mundo onde crescer os próprios filhos, milhares de pedagogistas e estudiosos de todas as nacionalidades começaram a viajar até Reggio Emilia, para melhor compreender quais as contribuições que poderiam levar às crianças em seus países.
 
Este crescente interesse levou à criação na cidade de mais espaços e ambientes, além das creches, onde desenvolver iniciativas relacionadas à educação e atender a uma grande demanda de formação, que atualmente vê no "Centro Internacional Loris Malaguzzi" o lugar central para reunir e coordenar milhares de visitantes provenientes de vários países do mundo.
 
Reggio Lingua, escola de língua e cultura italiana de Reggio Emilia, desenvolveu ao longo dos anos um programa especial destinado a quem deseja aprender italiano e entrar em contato com o sistema educativo das escolas infantis de Reggio Emilia.
 
Para os grupos universitários de "Ciências da Educação" ou "Pedagogia", Reggio Lingua propõe pacotes férias-estudos de 1 ou 2 semanas focados em cursos de língua italiana com possibilidade de visitas guiadas em escolas de educação infantil, ateliers/laboratórios, estágios de curta duração e "shadowing".
 
Estudantes individuais de italiano que tenham interesse em conhecer de perto a "Reggio Abordagem" poderão participar, com o auxílio de Reggio Lingua, após terem alcançado um discreto conhecimento da língua italiana, a numerosos projetos e eventos públicos organizados pela Prefeitura e Fundação Reggio Children.
 
 
 
Gruppo universitario in visita al Centro Internazionale Loris Malaguzzi con Reggio Lingua
 
 
 
 
 
 
INFORMAÇÕES
 
info@reggiolingua.it
 
+39 340.8537630  -  Daniela Vezzani
 
+39 348.5901718  -  Paola Garofoli
 
Tel / Fax: 0522.454777
 
WhatsApp (português):  + 39 3382750386  -  Marcia Regina Rocha
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
CMM  -  UMA HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO MUSICAL
 
 
 
 
 
A história do Centro Musical Morumbi CMM teve inicio no final da década de 1950, quando a professora Diva Cestari Lellis começou a lecionar piano no bairro da Previdência. Na época, Previdência, Morumbi, Butantã e Vila Sônia eram bairros que começavam a ser urbanizados.
 
Dona Diva, como os alunos a chamavam, foi das primeiras professoras de música dessa nova região da cidade e logo se tornou conhecida e procurada. Além do piano, orientou muitos alunos também no acordeom, que era o instrumento da moda. Sempre procurando estimular seus alunos, dona Diva promoveu apresentações nos mais variados auditórios de São Paulo, desde o tradicional teatro João Caetano, ao auditório da Ordem dos Músicos. Chegou a realizar uma apresentação no antigo teatro Colombo, majestosa construção que o progresso não preservou. Simultaneamente, buscava oportunidades para apresentá-los nas emissoras de rádio e de televisão que, naquele tempo, dispunham de horários dedicados a estudantes de música. Um de seus orgulhos foi um troféu recebido no então célebre programa de Vicente Leporace na TV Record, o Eles vão longe.
 
Em torno de Dona Diva, foram se agregando outros professores de música, incluindo ex-alunos. Sua residência convertia-se em centro de difusão musical. Nada mais natural, então, do que oficializar esse compromisso com o ensino da música. Como os conservatórios eram escolas de grande influência, com um padrão de qualidade garantido por fiscalização de governos estaduais, a professora Diva filiou-se ao Conservatório Musical Palestrina, instituição do Rio Grande do Sul, e passou a formar turmas de professores de música. Mais tarde, ela desligou-se da instituição gaúcha e inaugurou uma escola inteiramente sua, o Conservatório Musical Morumbi, formando ainda novas turmas. No final dos anos 70, ela passou a direção do Conservatório para o filho e a nora, ambos músicos, mas continuou lecionando piano até meados da década de 1990, levando a termo uma carreira de mais de quarenta anos, na qual contribuiu para o crescimento do interesse pela música e orientou a formação de inúmeros profissionais, músicos ou professores, bem como uma legião de amantes da música. Antigos alunos, amigos e até conhecidos eventuais não se esquecem da professora. Sempre ocupadíssima, cheia de planos, desejosa de realizar e de ensinar, dona de um entusiasmo que superava qualquer obstáculo, ela deixou um exemplo de esforço, e também de alegria.
 
 
 
                     
 
 
 
O CMM Atual  -  Tradição e Inovação
 
Com o passar do tempo os conservatórios perderam sua influência, devido ao advento das faculdades de música. O antigo Conservatório de Dona Diva, se modernizou e passou a ser o Centro Musical Morumbi. A busca por qualidade e a paixão de espírito da fundadora, mantiveram-se. Desde 1978, o CMM vem desenvolvendo uma estrutura de apoio ao aprendizado e mantendo uma filosofia de atualização, condizente com a época de rápidas transformações, tanto para uma formação acadêmica, quanto para uma formação desvinculada de títulos, de acordo com a expectativa de cada indivíduo.
 
 
Durante o ano letivo inteiro são realizados diversos eventos, como:
 
- Apresentações de alunos e profissionais em teatros e casas noturnas 
 
- Palestras e Workshops 
 
- Master-Class 
 
- Pocket-Shows
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
Em exposição até o dia 28 de agosto de 2016, a mostra "Ensaios Visuais do Piemonte - 10 Fotógrafos Italianos na Casa Fiat de Cultura" reúne obras de 10 talentosos jovens artistas, totalizando 34 imagens, que retratam desde o cotidiano da região às belas paisagens. A exposição tem entrada gratuita e conta com o apoio da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria de Minas Gerais.
 
Para o curador da exposição, Giuseppe Olivero, presidente da Associação Piemontesa e membro do Conselho Diretor da Câmara, a mostra é a oportunidade de o público mineiro conhecer um pouco da cultura de uma das regiões mais apaixonantes da Itália. "A partir dos registros, o visitante irá conhecer a alma do piemontês, que também tem muito dos mineiros. Certa vez, traduzi o poema 'Ser mineiro', de Carlos Drummond de Andrade, e, a todos da comunidade italiana a quem o mostrei acreditavam que era um relato sobre ser piemontês. São culturas muito próximas, mas que ainda têm muito a se descobrir mutuamente", destaca Olivero.
 
Integrando as comemorações do Ano da Itália na América Latina, a iniciativa é uma realização das Associações Piemontesas de Belo Horizonte e de São Paulo, em parceria com a Casa Fiat de Cultura e o Gruppo Dirigenti Fiat (GDF). A mostra conta com o patrocínio da Sada Logística e o apoio do Consulado da Itália em Belo Horizonte, do Comitê dos Italianos no Exterior - Seção Minas Gerais (Comites MG) e da Associação Cultural Ítalo-Brasileira de Minas Gerais (Acibra-MG), além da Câmara Ítalo-Brasileira.
 
 
SERVIÇO
 
Casa Fiat de Cultura
Praça da Liberdade, 10 - Funcionários - BH/MG
Visitas: 3ª a 6ª das 10h às 21h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.
Informações: (31) 3289-8900
 
 
 
 
 

 

 

 
 
 
 
 
 
No dia 16 de julho (sábado), a partir das 18 horas, acontece nova edição da !NTERMEZZO, uma das mais inusitadas festas intimistas de São Paulo, desta vez no Season One - Art's & Bar, que se encontra na rua Mourato Coelho, em Pinheiros, um arrojado e peculiar ambiente que viaja pelo mundo da arte cinematográfica e televisiva...
 
O conceito musical é "Sem Regras", abrangendo música de todos os estilos, épocas e etnias, porém com uma única restrição: não abandonar a qualidade sonora em se tratando de inspiração criativa e/ou composição instrumental... Em outras palavras, um pouco de tudo que é legal tanto para músicos e profissionais do áudio, quanto para o povo de modo geral, mas sem "maltratar" os tímpanos e a construção intelectual, assim como o desenvolvimento espiritual. Isso não significa somente música de alto nível, para professores ou algo assim, estamos falando de tudo que provém da integridade e tem funcionalidade tanto consciente quanto subconsciente em nossas vidas. Gosto não se discute. Gregos e Troianos sempre existirão. Isso não significa que não se possa unir diferentes povos, idades, e porque não, "sons". Mais física e menos teoria.
 
A sonora do evento fica por conta do Dj "brasitaliano" Leo Dellarole (signatário destas linhas) e seus convidados.
 
Os valores de entrada, muito plausíveis, são R$10 ou 50 consumíveis para as mulheres, e R$20 ou 50 consumíveis para os homens, direto na porta.
 
 
CHEER$   *   $ALUT!
 
 
SE BEBER NÃO DIRIJA.  SEJA CONSCIENTE E PENSE COLETIVAMENTE.
 
 
 
SERVIÇO
 
!NTERMEZZO @ Season One - Art's & Bar
Season One - Art's & Bar
R. Mourato Coelho, 575
Todos os cartões de débito são aceitos
Estacionamento próximo. À 10 minutos do Metrô Fradique (Linha Amarela)
Fones: (11) 2506-4057  /  (11) 9.9778-2855

 

 

 

 

 


 

 

CINEMA: SUSPENSE CONTEMPORÂNEO EM ROMA É TEMA DE CICLO DO IIC
 
 
Programação discute não somente o mundo dos crimes,
 
mas também o "diferente" na sociedade
 
 
 
 
 
 
Durante todo o mês de maio: crimes, o submundo político e o emaranhado de mistérios e preconceitos que rondam a vida cotidiana percorrem as terças-feiras na sede do Istituto Italiano di Cultura de São Paulo.
 
O ciclo exibe títulos marcantes do gênero na Itália, todos baseados em livros homônimos de Giancarlo de Cataldo, uma referência do suspense no país.
 
Todos os filmes são apresentados por Oscar L. Marzorati, quem faz um debate com o público após a exibição dos longas-metragens.
 
Os eventos integram a programação do Ano da Itália na América Latina.
 
 
 
Ciclo de Cinema Italiano - Suspense Contemporâneo em Roma
 
Istituto Italiano di Cultura di San Paolo  ( Avenida Higienópolis, 436 )
 
 
* ENTRADA FRANCA *
 
 
ROMANZO CRIMINALE  (de Michele Placido, Itália, 2005 - 174')
 
10.05.2016 - 19h30
 
Adaptação cinematográfica do livro homônimo, escrito por Giancarlo De Cataldo em 2002, a trama retrata a história da banda "della Magliana" alcunha que lhe foi conferida pelo jornalismo italiano à gangue que foi considerada a mais poderosa organização criminal que atuou em Roma, para a qual foram atribuídas ligações com outras organizações do poder.
 
 
IL PADRE E LO STRANIERO  (de Ricky Tognazzi, Itália, 2010 - 110')
 
17.05.2016 - 19h30
 
Uma história dolorosa, com um viés de suspense e mistério. O filme é uma adaptação do livro homônimo de Giancarlo de Cataldo. A trama tem por cenário a cidade de Roma, com tons de Oriente Médio. Como protagonistas, o italiano Diego e o árabe Walid. Os dois iniciam uma profunda amizade, unidos pelo amor que têm por seus filhos, ambos com necessidades especiais.  Diego, através de seus contatos com Walid, poderá reavaliar os termos "diferente" e "normal".
 
 
SUBURRA  (de Stefano Sollima, Itália/França, 2015 - 135')
 
24.05.2016 - 19h30
 
Adaptação cinematográfica do livro homônimo escrito por Carlo Bonini e Giancarlo De Cataldo, um filme sobre Roma e o emaranhado entre vida cotidiana e submundo político que enreda e destrói pessoas inocentes com resultados impressionantes. Suburra é o nome de um bairro da Antiga Roma, em cuja parte baixa viviam e "governavam" os criminosos.
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
7 de Maio de 2016
 
 
SLoM é um movimento "Pró-Desaceleração".
 
Soltar da velocidade de massa, acomodando-se no ritmo pessoal.
 
O propósito é ativar esta intenção, abrindo portas para que cada um possa conquistar seu próprio ritmo.
 
Uma orquestra bem ritmada, onde todos os instrumentos humanos estão convidados.
 
 
CRIANÇAS  -  mais do que bem-vindas, poderão participar de experiências exclusivas.
 
 
MÚSICA:  estímulo auditivo para prazer e relaxamento
 
COMIDA VEGANA:  paladar... prazer com tempero de amor e evolução da consciência humana
 
MERCADO:  estímulo visual e imaginativo
 
YOGA:  força, soltura, estado de presença, ritmo pessoal
 
PALESTRAS:  expansão da consciência, religação omnidirecional
 
ARTE: uma entrega, uma verdade, transcendência de inspiração
 
 
 
Programação
 
 
ÁREA EXTERNA
12h - Dj Melito (ambient)
14h - Dj Leo Della'role {Sound !s Soul}
16h - Dj Marios (Grécia)
18h - Stupa
 
Pintura em tecido "live" por Shiva Murad (artista visionário) - o trabalho estará disponível para venda ao final.
 
 
ÁREA INTERNA
* Massagem: DZen Therapias
* Reiki (Mestra Cecília)
 
 
 
12h15: Prática de Yoga (leve seu parceiro)
Prof. Daniela Monteiro - Vinyasa Yoga  (R$ 25)
Área externa
 
12h15: Contos do Sagrado Feminino para Crianças: "Pele de Foca"
Grupo Desabafo Coletivo  (colaboração espontânea)
Salão fechado
 
14h: Dança da Vênus - movimento para embelezar a vida (prática para mulheres)
Prof. Jacqueline Sandes  (R$ 25)
Salão fechado
 
15h30: Prática de Yoga Tradicional (leve seu parceiro)
Convidado Especial da China - Prof. Tonny Chang  (R$ 25)
 
16h45: Gurdieff: O Trabalho Espiritual Trazido para o dia-a-dia.
Prof. Yogin Ricardo Melito  (colaboração espontânea)
 
17h25: Ritos Tibetanos (prática física) com Yoga-Nidra (relaxamento profundo).
Banho de Gongo - Prof. Stupa Lima  (colaboração espontânea)
 
18h15: Vivência "Mandala para a Mãe Terra" (flores e cristais)
Terapeuta Ana Terazu  (R$ 15)
 
19h15: Roda de Mantra Yoga
Renata Kherlakian e Teo Balieiro  (contribuição sugerida:  R$ 15)
 
 
Refeições, Sucos, Lanches, Cerveja artesanal
 
 
Mercado: La Muchacha traz uma seleta de expositores voltados ao consumo consciente e a valorização da economia criativa.
 
 
Entrada:  R$ 5,00  (crianças até 9 anos não pagam entrada).
 
Máquina de cartão disponível para todos os serviços.
 
 
Casa de Trocas
Rua Brigadeiro Melo, 163 - Pacaembu (estação Sumaré) - São Paulo - SP
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 

 

EXPOSIÇÕES 2016 DO MUSEU DE ARTE DE RIBEIRÃO PRETO

 
14ª edição conta com mostra da artista plástica Renata Pelegrini
 
 
Renata Pelegrini foi selecionada para a 14ª edição do Programa Exposições 2016 do MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto "Pedro Manuel-Gismondi", com visitação até 21 de maio. A abertura foi no dia 8 de abril.
 
Na mesma cidade, a artista já havia participado em 2015 do 40º SARP - Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto. Nesta mostra de 2016, a Comissão de Seleção composta por Carolina Soares, Nilton Campos e Philipe F. Augusto, também escolheu outros artistas de São Paulo, Ribeirão Preto, Campinas e Mato Grosso.
 
 
Obras
 
Pelegrini apresenta desenhos (técnica mista sobre papel) e pinturas (acrílica sobre tela), que remetem ao "não visível" e desconhecido aos olhos da artista, resultando em imagens repletas de linhas arquitetônicas e espaços reinventados, tendo como partida o urbano latente e a natureza submersa.
 
Renata, que acaba de concluir sua primeira individual em março na Casa Contemporânea, em São Paulo, teve seu trabalho analisado pela crítica Taísa Palhares, curado por Marcelo Salles e comentado por Antonio Gonçalves Filho.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
14ª edição do Programa Exposições 2016 do MARP
 
Renata Pelegrini  -  5 obras (desenhos e pinturas)
 
Até 21/05/2016 (de 3ª a 6ª das 9 às 18h e Sábados e Feriados, das 12 às 18h)
 
MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto "Pedro Manuel-Gismondi"
Rua Barão do Amazonas, 323 - Ribeirão Preto - SP
 
Fones:  (16)  3635-2421  /  3941-0089
 
 
ENTRADA FRANCA   *   CENSURA LIVRE
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 
 
 
Quem é Reggio Lingua?
 
 
Reggio Lingua é um centro linguístico e cultural italiano fundado em 2004 em Reggio Emilia, na Emilia-Romagna, por Paola Garofoli (à esquerda na foto acima) e Daniela Vezzani (à direita), duas professoras com formação em Línguas Estrangeiras e Literatura Estrangeira Moderna, unidas pelo forte desejo de fazer conhecer a língua e a cultura italiana no mundo e a grande paixão pelo ensino. Paixão que se mantém viva pelo compromisso em primeira pessoa no ensino da língua italiana. Tarefa que elas executam diariamente em conjunto com um grupo de professores nativos habilitados e qualificados para ensinar italiano L2, com experiência no ensino da língua italiana na Itália e no exterior, e que falam um ou mais idiomas.
 
Reggio Lingua é autorizada pela Universidade para Estrangeiros de Perugia como sede de exame de proficiência para a certificação de conhecimento da Lingua Italiana CELI, e membro das associações ASILS e EDUITALIA.
 
 
 
Por que estudar italiano na Itália em Reggio Emilia com Reggio Lingua?
 
 
Porque Reggio Emilia é perfeita para uma temporada de férias-estudos, e porque Reggio Lingua é uma escola ideal para estudar italiano. De fato, organiza seus cursos de italiano em pequenos grupos, para facilitar a participação ativa de todos os alunos e proporcionar uma atmosfera familiar, tranquila e agradável.
 
Além dos cursos de grupo, a escola também oferece cursos de "homestay", ou seja, hospedagem com aulas individuais ou em dupla diretamente na casa do professor que, além de ensinar italiano, também vai apresentar ao aluno os vários aspectos das tradições locais.
 
Reggio Lingua organiza cursos de culinária com aulas e hospedagem em agroturismos ou B&B.
 
Promove oportunidades de participação em festivais culturais que acontecem em Reggio Emilia, organiza noites de encontros de estudantes em locais típicos da cidade, tardes dedicadas à preparação de massas caseiras, visitas à vinícolas, fábricas de queijo e vinagre balsâmico na região.
 
Além disso a cidade de Reggio Emilia encontra-se em uma posição estratégica para os turistas. Em jornada, é possível visitar as mais importantes cidades do Norte da Itália, como Milão, Bolonha, Florença, Mântua, Ferrara, Pádua, Ravenna, Veneza, Verona, Lago di Garda ou ir até a Liguria, Cinque Terre.
 
A atmosfera familiar da escola e a dimensão da cidade tornam ideais a estadia ou férias-estudos para quem quer mergulhar na vida quotidiana dos italianos e deseja, graças à simpatia e disponibilidade das pessoas,  testar seu próprio italiano da forma mais prática e concreta.
 
 
 
Gruppo di studenti al coffee break di Reggio Lingua
 
 
 
 
Para maiores informações:
 
info@reggiolingua.it
 
+39 340.8537630 – Daniela Vezzani
 
+39 348.5901718 – Paola Garofoli
 
Tel/Fax 0522.454777
 
WhatsApp em português +39 3382750386 - Marcia Regina Rocha
 
 
 
 

 

 

 

 


 

 

 

 

 
 
 
 
 

 

 
 
 
EXPOSIÇÃO: MIRADA INTERIOR, DE VALERIO BISPURI
 
 
Mostra que revela realidades diversas e complexas pelo mundo.
 
Em SP, de 10 de abril a 5 de junho de 2016.
 
 
ENTRADA FRANCA
 
 
São Paulo recebe a partir do dia 10 de abril (domingo) a exposição fotográfica Mirada Interior, do italiano Valerio Bispuri, marcando presença na abertura para um bate-papo com o público. A mostra, que já passou pela Europa e América Latina, é inédita no Brasil e traz 44 imagens do percurso do fotógrafo pelo mundo nos últimos 15 anos. O evento acontece no Centro Cultural São Paulo e integra a programação do Ano da Itália na América Latina, promovido pelo Istituto Italiano di Cultura de São Paulo.
 
Tendo como base a antropologia, o consumo de "paco" (droga similar ao crack) na América do Sul, a realidade do mundo cigano, além do modo de vida na Índia, Cuba e Filipinas são alguns dos temas abordados na exposição, que tem como objetivo revelar realidades diversas e difíceis de um mundo cada vez mais complexo.
 
"O objetivo é ao mesmo tempo, sensibilizar e conscientizar os observadores por meio de imagens com grande impacto emotivo, como também fazê-los refletir sobre a realidade complexa e contraditória de nosso mundo", explica Bispuri, um dos mais premiados repórteres fotográficos da atualidade.
 
Segundo o fotógrafo, Mirada Interior é uma maneira de olhar para dentro do próprio ser humano. "Somente quando se está dentro, quando se toca fisicamente a realidade, é possível chegar ao registro de uma imagem", afirma.
 
 
 
 
 
 
Serviço
 
- Exposição Mirada Interior, de Valerio Bispuri
 
- Período: 10 de abril a 5 de junho de 2016. Entrada gratuita
 
- Abertura: 10/04 às 19h30 no Piso Flávio de Carvalho. Bate-papo com o autor às 18h no Piso Caio Graco
 
- Local: Centro Cultural São Paulo - Rua Vergueiro 1000
 
- Visitação: Terça a Sexta, das 10h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
 
 
 
 
 

 

 

 

 

“OLHAR EM MOVIMENTO” - EXPOSIÇÃO INÉDITA NO BRASIL

 
 
A arte cinética italiana entre os anos 50 e 70 permite interação do público em SP
 
 
 
 
 
 
Em decorrência do Ano da Itália na América Latina, o Istituto Italiano di Cultura de São Paulo traz ao país a mostra Olhar em Movimento - Linguagens da arte cinética italiana dos anos 1950-70. Realizado em colaboração com o Instituto Tomie Ohtake, o evento fica aberto ao público até o dia 1º de maio, em São Paulo e a entrada é gratuita.
 
A exposição, que já passou por Peru, Equador e Chile, apresenta 50 obras compostas por pinturas, colagens, vídeos, esculturas e outros objetos realizados por grandes nomes da arte óptica e cinética italiana, como Bruno Munari, Gianni Colombo e artistas do Gruppo T. A mostra ainda exibe 10 modelos do estilista Fausto Sarli, que revela ao público conexões entre arte e moda nas décadas em questão.
 
“A arte cinética produz obras que são abertas e programadas, nas quais o movimento é fundamental. O movimento destas obras pode ser real, com a ajuda de mecanismos, ou ilusórios e ópticos, obtidos através de efeitos de iluminação”, explica a curadora da mostra Micol Di Veroli. “Por isso, é uma arte considerada racional, em que se tem total controle do objeto”, acrescenta.
 
Com surgimento na Europa na década de 1930, os artistas cinéticos têm como imposição o uso da criatividade para fazer um contato analítico de arte que mistura ciência, sociedade, artistas e espectadores.
 
 
Micol Di Veroli
 
Especialista em arte moderna e contemporânea, além de “Olhar em Movimento”, também é responsável pela curadoria de inúmeras exposições artísticas na Itália e em outros países. Lecionou fenomenologia da arte contemporânea na Rome University of Fine Arts e foi diretora artística da galeria Dora Diamanti, em Roma.
 
 
Ano da Itália na América Latina
 
O Ano da Itália na América Latina: histórias, viagens, descobertas e empreendimentos é um programa promovido pelo Ministério das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional da Itália, que pretende integrar e valorizar as mil faces da presença italiana no subcontinente latino-americano. Desta forma, estão sendo realizadas várias atividades ao longo de 2016 pelos Institutos Italianos de Cultura, Embaixadas da Itália e Consulados italianos em toda a América Latina.
 
 
 
SERVIÇO
 
Olhar em Movimento – Linguagens da arte cinética italiana dos anos 1950-70
 
17 de março a 1º de maio de 2016, de terça a domingo, das 11h às 20h
 
Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropés 88) - Pinheiros – São Paulo - SP 
Metrô mais próximo: Estação Faria Lima/Linha 4 - amarela
Fone: 11 2245 1900
 
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
> ) > ) >   WELCOME  TO  S!S   < ( < ( <
 
 
 
 
 
 
 
 
Here you are faced with great tips and information about the best and most unusual "WORLDS" of music, getting inside and relating with innumerous distinctions that comes from General Arts until unmissable Events and Parties, beyond other stuff.
 
Sound !s Soul  <{*}>  Soul !s "Life & Movement"
 
Our philosophy is precisely this... Spread and Provide: "WHAT MOVE US"
 
Be part of this Universe of "Tympanal Energy" and Organized Fun
 
 
*****************************************************************************
 
 
 
Qui ti trovi di fronte a eccellenti consigli ed informazioni su i migliori e più inusitati "MONDI" della musica, ottenendo all'interno e coinvolgendosi con innumeri distinzioni che vanno dall'Arte in Generale fino a imperdibili Eventi e Feste, oltre diverse Varietà.
 
Suono è Anima  <{*}>  Anima è "Vita e Movimento"
 
La nostra filosofia è proprio questa... Diffondere e Fornire: "QUELLO CHE CI MUOVE"
 
Fai parte di questo Universo di "Energia Timpanica" e Divertimento Organizzato
 
 
*****************************************************************************
 
 
 
Aqui você se depara com excelentes dicas e informações sobre os melhores e mais inusitados "MUNDOS" da música, ficando por dentro e se relacionando com inúmeras distinções que contemplam desde a Arte em Geral até Eventos e Festas imperdíveis, além de outras Variedades.
 
Som é Alma  <{*}>  Alma é "Vida e Movimento"
 
A nossa filosofia é justamente essa... Difundir e Proporcionar: "AQUILO QUE NOS MOVE"
 
Faça parte deste Universo de "Energia Timpanal" e Diversão Organizada
 
 
*****************************************************************************
 
 
 
 
 
 

 

 


 

 
 
 
< { < { <   Dj  Leo  Della'role   > } > } >
 
 
 
*  Disc Jockey  I  Deejaying  I  Discotecagem
 
*  SoundMixes on Demand  I  Mixagio Sonoro su Richiesta  I  Mixagens Sonoras sob Demanda
 
*  Personalized Playlists  I  Personalizzate Playlists  I  Playlists Personalizadas
 
*  Sound Ambience Expert  I  Expert della Atmosfera Sonante  I  Especialista em Ambiência Sonora
 
Environments, Special Ocasions and Moments
Ambienti, Occasioni e Momenti Speciali
Ambientes, Ocasiões e Momentos especiais
 
 

 

 

Righteous proposal of Art Project  -  Fedele Piano di Progetto Artistico  -  Proposta íntegra de Projeto Artístico

 
 
THE ART OF MERG!NG SOUNDS
 
Leonardo Dellarole (Leo Della) is a brasitalian DJ adorer of the infinite universe of music, that seeks to convey his taste and inspiration to people, building distinct MixTapes and DJing Sets in a spontaneous and “No Rules” manner, with unusual selections full of class and involvement that transits subtle and happily among numerous styles.
 
Consider a persuasive sound in subconscious feelings, as much as conscious terms.
 
The archaic meets the modern, the intoxicated finds the lucid, the meticulous faces the simpleton and the unwind becomes paradigm.
 
 
 
 
L' ARTE DI MESCOLARE I SUONI
 
Leonardo Dellarole (Leo Della) è un DJ brasitaliano adoratore dell’infinito universo della musica, che cerca di trasmettere il suo gradimento e ispirazione alle persone, creando distinte MixTapes e suonando Sets in modo spontaneo e “Senza Regole”, con inusitate selezioni piene di classe e implicazione che transitano gioiosa e raffinatamente fra numerosi generi.
 
Consideri un suono persuasivo in termini subcoscienti, tanto quanto coscienti.
 
L'arcaico accasa il moderno, l'intossicato trova il lucido, il meticoloso affronta il sempliciotto e la diversione diventa paradigma.
 
 
A ARTE DE MISTURAR OS SONS
 
Leonardo Dellarole (Leo Della) é um DJ brasitaliano adorador do infinito universo da música, que procura transmitir seu gosto e inspiração para as pessoas, construindo distintas MixTapes e discotecando Sets de maneira espontânea e “Sem Regras”, com inusitadas seleções repletas de classe e envolvimento que transitam sutil e alegremente entre inúmeros estilos.
 
Considere um som persuasivo em termos subconscientes, tanto quanto conscientes.
 
O arcaico casa o moderno, o inebriado encontra o lúcido, o minucioso defronta o simplório e o espairecer se torna paradigma.
 
 
 
 
> } > } >   !NSTRUMENTAL  &  M!XED  SOUNDS   < { < { <
 
World Grooves, Soul/Funky/NuFunk, Jazz/AcidJazz, Blues, R&B, Fusion, Rock (a lot of styles), Surf Roots, Ska/Reggae/Dub, Afrobeats/Highlife, Exotica, Latina, Bossa Nova/Samba-Jazz, Lounge/Ambient, Easy Listening, Orchestral, Classical Pieces, Soundtracks (trilhas sonoras), Hip-Hop/Trip-Hop, Psychedelic Beats, Disco,
!nstrumental Bombs, Mantras, Natural & Artificial Noises...
 
* With references at various times and nationalities
* Con referenza in varie epoche e nazionalità
* Com referências em várias épocas e nacionalidades
 
 
< ( < ( <   ELECTRON!C  MUS!C   > ) > ) >
 
House, Electro, Techno, Minimal, Progressive, Trance, Psychedelic, Big-Beat, Break-Beat, Chillout, Environmental, + Other Stuff...
 
* Several ramifications of each genre
* Diversi aspetti di ogni genere
* Diversas vertentes de cada gênero
 
 
CHEER$   *   $ALUT!
 
 
 
 
Leo Della   (  TagLess Music  )
 
DJ   *   !DEA CREAT!ON
 
+55  (11) 9.9507.4580  < WhatsApp
 
leodella@gmail.com    Skype: leo-della
 
 
 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 
 
Livro que permite interação sonora é lançado em 2016
 
na mesma semana do aniversário de SP
 
 
 
O livro traça um amplo painel sobre músicas italianas que retratam o sonho de emigrar e a realidade do emigrado. Das composições melodramáticas que caracterizaram o tempo de saída para as Américas, passando pelas obras de resistência ao fascismo e o registro da influência norte-americana após a Segunda Guerra Mundial. Os temas são a cultura do sacrifício, do ser amado que se perdeu pelo caminho, da crítica social à estrutura de poder que desencadeou a partida.
 
Todo o material é composto por farta documentação, cuidadosamente organizada pelo autor italiano Eugenio Marino, que veio ao Brasil especialmente para o lançamento, marcado para acontecer respectivamente em São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Brasília. Formado em letras e mestre em jornalismo e comunicação pública, também é responsável pelo Partido Democrático para os italianos no mundo.
 
É um trabalho que vai muito além das palavras. O texto traduzido por Antonella Fossati e Adriana Fontana ganha ainda mais força com QR Codes (pt.wikipedia.org/wiki/Código_QR), que permitem ao leitor ouvir as músicas citadas na publicação, assim tornando a experiência muito mais interessante.
 
"PARTIR SONHANDO - A Emigração na Canção Italiana", é um presente para todos os admiradores das artes, boas leituras e boas músicas. Principalmente para o Brasil que, de acordo com o estudo Rapporto Italiani nel Mondo - realizado pela Conferenza Episcopale Italiana, abriga 31 milhões dos 60 milhões de descendentes espalhados pelo mundo. Destes, 13 milhões somente no estado de São Paulo, concentrados, em maioria, na capital. Nos 462 anos da cidade, o título ativa a imaginação sobre o que passava na cabeça e no coração dos imigrantes que chegaram para o trabalho nas lavouras de café e posteriormente o estabelecimento na capital, contribuindo vigorosamente para o seu desenvolvimento e crescimento.
 
 
DATAS DO LANÇAMENTO:
 
São Paulo
28/01/2016 - 18h30 > FIESP 
Avenida Paulista, 1313 - 16º andar - São Paulo - SP
 
Vitória 
29/01/2016 - 16h00 > Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo
Av. Américo Buaiz, 205 - Enseada do Suá - Vitória - ES
 
Rio de Janeiro
31/01/2016 - 18h00 > Livraria Argumento
Rua Dias Ferreira, 417 - Leblon - Rio de Janeiro - RJ
 
Brasília
02/02/16 - 18h00 > Câmara dos Deputados 
Palácio do Congresso Nacional - Praça dos Três Poderes - Brasília - DF

 

PUBLICIDADE

Banner Banner Banner