CMM - UMA HISTÓRIA DE EDUCAÇÃO MUSICAL

 
 
 
 
 
 
 
A história do Centro Musical Morumbi CMM teve inicio no final da década de 1950, quando a professora Diva Cestari Lellis começou a lecionar piano no bairro da Previdência. Na época, Previdência, Morumbi, Butantã e Vila Sônia eram bairros que começavam a ser urbanizados. 
 
Dona Diva, como os alunos a chamavam, foi das primeiras professoras de música dessa nova região da cidade e logo se tornou conhecida e procurada. Além do piano, orientou muitos alunos também no acordeom, que era o instrumento da moda. Sempre procurando estimular seus alunos, dona Diva promoveu apresentações nos mais variados auditórios de São Paulo, desde o tradicional teatro João Caetano, ao auditório da Ordem dos Músicos. Chegou a realizar uma apresentação no antigo teatro Colombo, majestosa construção que o progresso não preservou. Simultaneamente, buscava oportunidades para apresentá-los nas emissoras de rádio e de televisão que, naquele tempo, dispunham de horários dedicados a estudantes de música. Um de seus orgulhos foi um troféu recebido no então célebre programa de Vicente Leporace na TV Record, o Eles vão longe.
 
Em torno de Dona Diva, foram se agregando outros professores de música, incluindo ex-alunos. Sua residência convertia-se em centro de difusão musical. Nada mais natural, então, do que oficializar esse compromisso com o ensino da música. Como os conservatórios eram escolas de grande influência, com um padrão de qualidade garantido por fiscalização de governos estaduais, a professora Diva filiou-se ao Conservatório Musical Palestrina, instituição do Rio Grande do Sul, e passou a formar turmas de professores de música. Mais tarde, ela desligou-se da instituição gaúcha e inaugurou uma escola inteiramente sua, o Conservatório Musical Morumbi, formando ainda novas turmas. No final dos anos 70, ela passou a direção do Conservatório para o filho e a nora, ambos músicos, mas continuou lecionando piano até meados da década de 1990, levando a termo uma carreira de mais de quarenta anos, na qual contribuiu para o crescimento do interesse pela música e orientou a formação de inúmeros profissionais, músicos ou professores, bem como uma legião de amantes da música. Antigos alunos, amigos e até conhecidos eventuais não se esquecem da professora. Sempre ocupadíssima, cheia de planos, desejosa de realizar e de ensinar, dona de um entusiasmo que superava qualquer obstáculo, ela deixou um exemplo de esforço, e também de alegria.
 
 
 
                       
 
 
 
O CMM Atual  -  Tradição e Inovação
 
Com o passar do tempo os conservatórios perderam sua influência, devido ao advento das faculdades de música. O antigo Conservatório de Dona Diva, se modernizou e passou a ser o Centro Musical Morumbi. A busca por qualidade e a paixão de espírito da fundadora, mantiveram-se. Desde 1978, o CMM vem desenvolvendo uma estrutura de apoio ao aprendizado e mantendo uma filosofia de atualização, condizente com a época de rápidas transformações, tanto para uma formação acadêmica, quanto para uma formação desvinculada de títulos, de acordo com a expectativa de cada indivíduo.
 
 
Durante o ano letivo inteiro são realizados diversos eventos, como:
 
- Apresentações de alunos e profissionais em teatros e casas noturnas 
 
- Palestras e Workshops 
 
- Master-Class 
 
- Pocket-Shows

PUBLICIDADE

Banner Banner Banner